domingo, 7 de dezembro de 2008

"Abri... Uma Estrada..."


Com este segundo domingo de advento entendo que não chega ficar a olhar o horizonte vigiando e esperando quem mais desejamos. É preciso fazer algo mais: abrir as portas do castelo, fazer descer sua pesada ponte levadiça que permita transpor o fosso que cavamos em relação aos outros. O apelo é claro: preparai…, abri…, endireitai… Isto é, Cristo só vem pelos caminhos que nós prepararmos. Deus só entra pelas portas que abrirmos. Não é possível que Ele nasça, cresça, irradie sua luz se não abrirmos o nosso castelo a todos os que vêm ao nosso encontro, a todos os que se cruzam connosco, a todos os que esperam o nosso acolhimento.
Não chega vigiar, é necessário abrirmo-nos a todos os que se abeiram de cada um de nós porque será por aí que Ele virá. Nesta semana estarei vigilante ao horizonte mas também disponível à minha porta aberta de par em par porque tenho esperança de que por lá entrarão os sinais, os sacramentos da sua presença…

2 comentários:

Grupo de Jovens disse...

O outro é o meio para percorrer o caminho desta nossa Santa Viagem diária na certeza do reencontro com o Eterno Pai. Esta segunda semana do Advento recorda-nos esta realidade, importa vigiar, mas não podemos ficar parados, este convite à acção (preparar, endireitar) torna-nos conscientes de como prosseguir.

Teixeira, Paulo disse...

Antes de caminhar-mos devemos parar, abrir a porta a cristo, ele com a nossa vontade nos guiará ao melhor caminho, o caminho do bem. Boa passagem para reflectir esta segunda semana do advento.