quinta-feira, 4 de junho de 2009

Aniversário

Hoje é o meu aniversário. Para grande satisfação pessoal já começaram a chover as mensagens, os mails e os telefonemas de felicidades. Não vou escrever muito. Apenas agradeço com uma gratidão impronunciável aos meus irmãos, aos tios, aos grandes amigos, aos amigos, aos colegas de seminário, de sacerdócio, de docência e da academia e a todos os que se cruzaram comigo ao longo destes 38 anos: tudo o que sou, na sua devida proporção, vos devo. Muito obrigado.
Finalmente, o agradecimento maior para a minha mãe sem ela não haveria este dia, sem ela não teria chegado até hoje, sem ela não teria a bela história de vida que já tenho para contar. Mais do que eu, é a minha mãe que está de parabéns.
Para recordar uma foto em que acho que teria alguns dias ao colo da minha mãe. Era o primeiro filho de quatro. Estavamos em 1971.

3 comentários:

mariliaxana disse...

Olá!
Mais uma vez muitos Parabéns e muitas felicidades.

vivalda disse...

Após ler o teu texto fico feliz ao constatar o quanto agradeçes à tua mãe e isto é um exemplo para todos nós. Sem os nossos pais as nossas vidas não existiriam.Também concordo contigo além de ti é a tua mãe que esta de parabens, apesar de não a conhecer pelo que sei da sua historia foi e é uma grande mulher.

nuno_mkt disse...

O ideal seria nem escreveres nada. Por mim podias ter colocado unicamente a foto, para ficar maravilhado e com os meus índices emocionais descontrolados.