terça-feira, 21 de outubro de 2008

Há que nascer de novo (Cf. Jo 3)


“Margarida agora és uma nova criatura, estás revestida de Cristo. Esta veste cristã seja para ti símbolo da dignidade cristã. Conserva-a imaculada até à vida eterna”. Assim se dirigiu o sacerdote à minha nova (e única) afilhada pouco depois de lhe ter derramado sobre a cabeça o símbolo da Vida nova e ressuscitada de Cristo (a água), que o Pai lhe ofereceu muito antes que ela saiba sequer balbuciar a palavra pai.
Nessa hora veio-me à memoria a dignidade que trago em mim (e todos trazemos), fruto da absoluta liberalidade do nosso Deus que oferece a todo o Homem a Força que o faz vencer todo o egoísmo, a Vida que lhe oferece a eternidade e o Companheiro que lhe ensinará tudo.
Aos pais da Margarida (a Maria João, minha irmã, e o Ricardo) agradeço a sua escolha, numa altura em que alguns não me reconhecessem idoneidade cristã. Tentarei estar à altura, com a ajuda de Deus, de tão grande missão.

5 comentários:

Americo de Pinho Matos disse...

"Não julgueis e não sereis julgados"
"Com a medida que medirdes sereis medidos"
Estas normas evangélicas são ponto alto da idoneidade cristã.
Quem poderá arvorar-se em juiz das consciências?
amatos

Juca disse...

Do livro de Tobias:

"Reparte o teu pão com os famintos e os indigentes;
e agasalha com as tuas vestes os que não têm com que se cobrir.
Busca sempre o conselho de uma pessoa prudente.

Bendiz o Senhor em cada momento
e pede-Lhe que oriente os teus caminhos,
para que cheguem a bom termo todos os teus projectos."

só isto importa. e não a leviandade com que os menos idóneos nos acusam de não o ser.

abraço.

Grupo de Jovens disse...

Quero felicita-lo pela missão de padrinho, não tenho qualquer dúvida que estará à altura. Acrescento, os pais quando amam seus filhos não são levianos na escolha que fazem, quem o escolheu não lhe fez um favor, entregou-lhe uma parte das suas vidas - é uma decisão exigente, não duvide.
Quanto à alegada falta de idoneidade cristã, lembro-o de uma expressão que nunca mais esqueci, dita pelo pastor que me abriu os olhos p/nova vivência na fé: Ele apenas nos olhou do alto uma única vez, quando se encontrava no alto da Cruz e julgou-nos também uma única vez, quando disse Perdoa-lhes Pai porque não sabem o que fazem... Lembra-se?

nuno_mkt disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
nuno_mkt disse...

Parabéns Padrinho!
Cada criança que nasce é fantástico, é único, e traz-nos a mensagem de que Deus ainda não perdeu a esperança no Homem.